Existem profissões que não podem ser exercidas por um crente?

Trabalhos impróprios ao evangélico. Isso realmente existe?

 

 

Conseguir um bom emprego nos dias de hoje não é uma tarefa nada fácil. Para o servo de Deus, essa realidade torna-se um pouco mais complicada diante de certos valores espirituais e sociais. Você consegue se imaginar trabalhando num lugar onde o ambiente não é saudável, onde o pecado impera? São diversos os casos de crentes que trabalham em locais que não o edificam e logo o colocam em xeque: permanecer ou mudar de trabalho?

Numa das edições do debate promovido diariamente pela Rádio 93 FM, foi discutido um tema proposto por um ouvinte que, através de e-mail, contava à emissora que trabalha com o pai, não crente, em seu bar, servindo bebidas alcoólicas, e que isso trazia um peso sobre sua vida.

O cantor Marquinhos Menezes, que participou da mesa de discussão, compartilhou que a sua atual secretária, Fernanda Dutra, trabalhava numa boa empresa e tinha um ótimo salário, mas o relacionamento profissional com seus chefes, em determinado momento, passou a não ser mais sadio. Deus, falando ao coração dela, a questionou: "Até quando você vai continuar trabalhando nessa fábrica de morte?". A moça entregou a situação nas mãos do Senhor e Ele foi fiel com esta profissional, segundo relatou o cantor.

A própria Fernanda conta que, embora tivesse uma boa situação financeira no antigo emprego, o ambiente ali não era recomendável. "Eu trabalhei numa fábrica de cigarros por seis anos. Comecei na produção e depois de cinco meses fui transferida para o escritório para trabalhar diretamente com os diretores da empresa. O ambiente era muito pesado porque a vida daqueles homens era de adultério e prostituição, e eu, por ter uma boa aparência e ser muito simpática, passei a ser assediada sexualmente por eles. Passei a me sentir mal naquele lugar e comecei a orar ao Senhor sobre minha situação. Ele me incomodou sobre a minha permanência naquela "fábrica de morte". Deus foi fiel e mudou a minha história, me dando um outro emprego", declarou.

Como se comportar diante dessa situação?

Ana Lucia Marinho da Silva Santos, analista de Recursos Humanos da TMB Telecomunicações Móveis do Brasil, explica como um profissional pode proceder diante de uma situação de trabalho que está, de alguma forma, lhe trazendo prejuízo. "Se um profissional trabalha dentro de um ambiente hostil, acho que o primeiro passo é colocar tudo na balança e avaliar até que ponto é viável suportar tal situação. Penso que a melhor alternativa para este profissional é começar a pensar em mudar de empresa, já que não existe nada pior do que passar oito horas por dia num lugar onde não se trabalha em paz. Na verdade, o serviço não rende", aconselha.

O pastor Marco Antônio Peixoto (Comunidade Internacional da Zona Sul) explica que se um novo convertido trabalha num ambiente que não o agrada ele pode continuar neste trabalho, por mais algum tempo, pedindo orientação a Deus, mas já procurando uma outra oportunidade de emprego, "porque com certeza o Senhor abrirá uma nova porta".

O reverendo JR Vargas explica que a base do cristianismo é a fé. Sendo assim, ele deve confiar em Deus para que o Pai lhe proporcione um novo local de trabalho. "A Bíblia diz que o justo viverá por fé, e esta é a perspectiva que devemos ter", explica Vargas. Sendo assim, se um profissional está num ambiente que não condiz com sua postura cristã, ele deve, sim, se preparar para mudanças. "Sempre confiando em Deus, para que Ele lhe proporcione um trabalho num ambiente verdadeiramente sadio e que contribua para o seu desenvolvimento profissional", arremata.

Fonte: http://www.elnet.com.br

Anúncios
Esse post foi publicado em Reflexões. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s